12 de nov de 2011

Para diminuir a sede, não beber nada



Não sei se sou desconfiada demais, mas ando suspeitando que os restaurantes salgam demais a comida de propósito, só para a gente gastar mais com bebidas. É fato que as bebidas são uma fonte de lucro importante para os restaurantes. Então, se as pessoas tiverem bastante sede, tomarão mais de uma porção de suco ou refrigerante, aumentando os lucros do estabelecimento. Será que o comércio é assim tão maquiavélico?

Bem, eu sou maquiavélica de volta. Não gosto de facilitar nesse aspecto. No dia a dia, faço meus almoços a seco, sem nenhum sucozinho para acompanhar, que é para baratear o almoço mesmo e não me atrapalhar a digestão (dizem que líquido demais altera o PH do estômago e sei lá). E talvez por isso perceba mais que as outras pessoas que a comida está salgada. Dá uma sede danada e, em vez de pedir água, vou reclamar com o dono pra botar menos sal da próxima vez.

Proponho então um experimento. Se você está acostumado a beber alguma coisa junto com a comida, experimente interromper esse hábito e ficar mais atento à sua sede - deixando para beber água inúmeras vezes ao longo do dia. Aposto que vai ser melhor reclamar do sal ou trocar de restaurante do que mandar ver em um refrigerante (que também está cheio de sódio) para compensar.



Nenhum comentário: