9 de mar de 2013

Dez dicas para ficar em forma para sempre



Sim, é um título marketeiro, do tipo que eu evito. Mas hoje vou dar uma de revista feminina e sugerir algumas dicas infalíveis para melhorar a alimentação:


1. Tenha dia e horário certos para ir ao supermercado, sacolão ou feira toda semana. Melhor ir sempre no mesmo dia e horário.

2. Fuce em seus livros de receitas ou na internet, decida o que vai querer comer na semana e faça a lista de compras com base no cardápio (e no orçamento, claro).

3. Se for de carro, tenha sempre caixas e/ou sacolas reforçadas no porta-malas e nunca use as sacolinhas plásticas. Se for a pé ou de ônibus, leve só a sacola reforçada. Se for de bike, melhor que ela tenha um alforje.



4. Chegando lá, ponha sua caixa/ sacola num carrinho e vá direto à seção de hortifruti. Nem olhe para os lados, assim como toda mulher deve fazer quando passa perto de uma loja de sapatos e já estourou o cartão de crédito. Encha sua caixa/ sacola quase inteira com frutas, verduras e legumes. De vários tipos. Pelo menos quatro tipos de frutas e duas verduras diferentes. Reponha seu estoque de cebolas, alho, tomates e cenouras, que nunca devem faltar. Mas procure fazer uma compra diferente da semana anterior. Dependendo do que for cozinhar, leve também temperos frescos. Quando terminar, depois de uns 10 minutos pelo menos, sua caixa deve estar cheia e colorida e talvez emanar cheiros agradáveis diversos.

5. Compre pão integral com o mínimo possível de sódio e o máximo de fibras (compare para achar o melhor). Os que têm farinha integral no primeiro lugar da lista de ingredientes tendem a ser melhores, mas fique de olho no sódio. Pode comprar granola sem açúcar, mel ou edulcorantes artificiais. Nem pense em levar falsos cereais com açúcar e dispense as barrinhas, que também são doces demais. Se vier a tentação, corra.

6. Dê uma passada rápida na seção de laticínios. Pegue leite fresco na geladeira, iogurte natural (sem açúcar e de preferência desnatado) e talvez um requeijão sem amido (que é muita enganação enfiarem amido no produto e ainda chamarem de requeijão). Feche os olhos e ande rápido quando passar na frente de "iogurtes" que contenham açúcar, corantes e qualquer outra porcaria.

7. Busque sua dose semanal de proteínas animais no frigorífico e na seção de ovos, sem exageros. Não precisamos de tanta carne, especialmente se capricharmos na variedade de grãos, que a essa altura você já deve ter estocado em casa.

8. Pegue um vinho para acompanhar o jantar. Algumas cervejas que valham a pena também pode, para refrescar no almoço do fim de semana. Mas não vá lotar a geladeira com cerveja. Precisa haver espaço suficiente para seus vegetais.

9. Se fizer questão de sobremesa, melhor que seja um chocolate amargo importado, com pelo menos 60% de cacau, ou um bolo de padaria. Se tiver pique para fazer um doce de abóbora com coco (ralado na hora) em casa, melhor ainda. Nesse caso, melhor fazer a compra na feira. Se fizer o doce, por favor me convide!

Pronto, sua compra está feita. Agora é só ir para a cozinha e preparar o menu da semana. Você pode prepará-lo num único dia (eu quase sempre compro e cozinho no fim de semana) e só comer no resto da semana.

Veja que bebidas adoçadas, refeições prontas congeladas e outros  produtos comestíveis empacotados não entraram na lista. É porque você não precisa deles, e eles não são bons para você. Eles não querem o seu bem. São como falsos amigos, que só te chamam para sair porque você tem carro. Na hora de pedir o que você precisa, que é comida nutritiva de verdade, eles não servem. Fuja desses canalhas.

E aí vai a décima dica:

10. Lembre-se dos conselhos que recebeu na infância: seja disciplinado e não cabule suas sessões diárias de exercícios, de preferência intensos, se você tiver saúde para isso.

3 comentários:

Anônimo disse...

Olá. O que se quer dizer com "falsos cereais"?
Se as barrinhas não são adequadas, que cereais devemos comer?
Pergunto porque essa é uma dúvida que me ocorre bastante.
Obrigado. joaquimbuarque@bol.com.br

Francine Lima disse...

Oi, Joaquim. Bem-vindo aqui.
Falsos cereais são aqueles produtos que você encontra na seção de "cereais matinais" mas que não são feitos de grãos, e sim de farinhas misturadas com açúcar, óleo, chocolate, aromatizante, corantes e outras coisas que não são cereais. A embalagem desses produtos costuma ser bem colorida e chamativa. Cereais de verdade são grãos integrais, ou seja, inteiros ou laminados, que não costumam vir disfarçados nem escondidos dentro de caixas de papel, pois são facilmemte reconhecíveis através de um saco plástico transparente. Leia a lista de ingredientes e perceberá a diferença.
Boas compras!

Anônimo disse...

Obrigado, Francine!
Vou aproveitar e fazer mais uma pergunta: você recomenda barrinha de cereais? Tem alguma marca com menos açúcar?
E aqueles sacos com granola, aveia, essas coisas, são realmente bons? Comer com iogurte é uma boa?
De novo, mto obrigado.
Entro sempre no seu site.
Abraço,
Joaquim.