2 de mar de 2006

Capuccino é feito de quê?


Acho divertido ligar para os SACs (serviços de atendimento ao consumidor) e fazer perguntas que os atendentes não estão preparados para responder. Há pouco me dei conta de que posso fazer isso no próprio supermercado, sem gastar créditos do celular, e sem nem precisar comprar o produto.

Diante da bela seção de capuccinos, mais uma vez as tabelas de composição nutricional não me ajudam muito. As opções, para o deleite de quem aprecia café cremoso, são muitas (sabor laranja, light, com ou sem canela, uma festa!), e comparar (não só os preços) não é tarefa fácil. Cada fabricante decide qual porção vai usar como parâmetro: 40, 30, 16 gramas... Na verdade quem escolhe a quantidade que vai na colher é o consumidor, mas como saber quantas calorias, gorduras, açúcares e outras coisas desconhecidas estão contidas nessas colheradas? Ou melhor: como saber qual marca está apresentando um produto mais interessante para meus objetivos dietéticos, se cada uma usa um parâmetro diferente?

Testei o SAC da linha Good Light. Deram-me um número de protocolo e ficaram de responder depois sobre o significado dos nomes estranhos que aparecem na lista de ingredientes (maltotextrina e gordura hidrogenada eu já sei, mas e aqueles nomes maiores, hein? Só fazendo facultade de nutrição?), mas avisaram que nada dirão sobre como comparar marcas. Ahá! Exijo meu direito de comparar antes de escolher! Perguntei se a alternativa seria levar caderninho e calculadora ao supermercado para fazer regra de três (por enquanto, talvez seja isso mesmo), mas a moça achou melhor não responder.

Aguardemos o contato do grupo Pão de Açúcar. Enquanto isso, vou fazendo mais comparações e atacando mais SACs. Eu quero saber exatamente o que estou ingerindo, SACou?

Será que capuccino de cafeteria também tem aquele monte de aditivos?

Aliás, parece que cada um chama de capuccino o que bem entende, não é? Já me serviram sob esse nome um reles cafezinho com uma borrifada de chocolate em pó e outra de canela. Também já experimentei megacaneca de um leite cremoso, cor bege acinzentada, misturado com café, chocolate e não sei o que mais. Alguns preparam com água (se o pó já contém leite), outros com leite. O tal do Mocaccino, da Nestlé, é parecido com uma mistura que faço em casa, mas mais cremoso.

Outro dia a Casa do Pão de Queijo me ofereceu uma opção que não tive coragem de aceitar. Me deu medo. Era um chocolate gelado batido que incluía um sachê inteiro de um espessante com gosto de baunilha. Espessante feito de quê? O atendente achou que fosse de baunilha... tsc, tsc. "Polpa de baunilha", disse o fulano que pelo jeito não tem o costume de ler rótulos e sai repetindo (errado) o que ouve por aí. E esse negócio será que não faz mal? Na dúvida, recusei.

É isso que estou tentando entender. A indústria vem e põe no mercado um monte de substâncias que a gente não conhece. E a gente vai comprando e comendo sem saber o que é? E só depois que centenas de pessoas adoecem é que começam a fazer pesquisa pra tentar descobrir se aquilo é bom ou ruim? Ah, não! Eu quero saber antes! SACs, me aguardem!

*Gostou deste post? Quer conhecer a composição de outros produtos? Deixe aqui uma mensagem com seu pedido, com seu nome e dados de contato, que eu respondo com um novo post. Seja bem-vindo!

8 comentários:

Anônimo disse...

Aqui vou eu, designer, fotografo e vegetariano, me aventurando no blog de uma jornalista.
Bom, aprendi uma coisa recentemente: Quer comer coisas de qualidade? NÃO COMPRE INDUSTRIALIZADO!!!
Infelizmente é isso, todas as marcas usam coisas estranhas e qualquer produto industrializado usa espessante, aromatizante, conservante, ante, ante, ante! Salvo algumas marcas que se encontra em lojas de produtos naturais, orgânicos e etc.
Água de coco por exemplo, pra que comprar uma em caixinha longa vida, se você pode comprar o coco??? Mais barato e mais saudável!
Capuccino: Minha avó faz um delicioso, não deve ser difícil encontrar uma boa receita na net!
E por aí vai!
Na dúvida e com tempo, faça você mesmo!
TGV

Anônimo disse...

É verdade o que meu amigo TCV falou aí em baixo. Eu admiro a garra da Fran... de dar tanto murro em ponta de faca. Muito mais fácil do que fazer o périplo que ela faz seria plantar o café, secar, torrar e moer... e fazer a mesma coisa com o cacau e juntar tudo com o leite da vaca criada no quintal. O que seria de nós se não fossem as chatinhas como a Fran? hein? :P

Andre Cymbalista disse...

Olha, Fran, realmente não entendo por que você compra Capuccino. Nada mais é do que Nescafé com leite em pó. Tem certeza que quer beber isso? Get a coador. Ou use uma meia. Beijos,

Juliana disse...

Fran, fiquei interessada na história do cappuccino, que eu adoro!
Aproveitando que estou na Itália, perguntei a alguns amigos italianos sobre o que, afinal, tem no cappuccino daqui:
Um cappuccino italiano é feito somente com leite e café e bebem-no principalmente no café da manhã. Às vezes pode ter um pouquinho de chocolate em pó sobre a espuma do leite. Aliás, a diferença entre um copo de café com leite (o caffe latte) e o cappuccino, é que neste bate-se bem o leite, até formar aquela espuminha.
Aquela mistura pronta que se vende no Brasil (e em outras partes do mundo), o cappuccino instantâneo, parece não ser popular na Itália, inclusive uma amiga italiana nem sabia do que se tratava. Nem o café instantâneo é popular aqui, eles gostam de um café
bem forte e amargo feito no bule. Tambem é apreciado o café expresso feito em máquinas nas cafeterias.

O que me disseram coincide com o que encontrei na wikipedia:
http://en.wikipedia.org/wiki/Cappuccino

Beijo,
Juliana.

Cristina disse...

Olá Fran!
Encontrei estes comentários porque estou procurando saber o que é espessante e tudo por causa do Freddo (aquele café com leite em pó + chocolate e espessante gelado) da Casa do Pão de Queijo - é bom demais!!!!!!
Eu queria fazer em casa!
Descobri que alguns espessantes são à base de goma, amido de milho, etc.
O problema é onde encontrar que não seja em sacas de 25 kg!
Beijo!
Cris

Anônimo disse...

Boa noite!!!

Em primeiro lugar adorei teu blog!
Fiquei curiosa enquanto estava lendo, qual é a mistura que tu faz em casa que fica parecida com o mocaccino da Nestle. Eu amo esse café!!
Pode responder pro meu e-mail? thais.ao@terra.com.br

mto obrigada!!

Thais Outeiro

Luciana Kotaka disse...

Gostei de seu espaço, e adorei sua matérias sobre os capuccino,pois é uma delícia calórica, que me permito somente em alguns momentos. Bacana! Bjs

tchariya disse...

Fran! Hey stranger! I love your article and reader responses on *caccino. I'm surprised you use the powder in a can to make this drink! I use to be a triple-shot-latte-drink-a-day person, but stopped that over a year ago (empty calories). Interestingly enough, I always made my latte with steamed milk and dark roast coffee beans, grinded by hand in my little kitchen! One can add cocoa powder or chocolate syrup to enhance it moca/capaccino. That powder is bad for you anyway; with the sugar and the odd chemicals listed on the can.

Keep up the blog! - Than