1 de jul de 2013

Cidadania alimentar

Uma pesquisa investigou a prontidão de jovens para o que chamam de food citizenship (cidadania em relação à comida). E viu que eles só conseguem enxergar o sistema alimentar como uma questão de escolhas individuais.

Essa é uma questão cultural a ser trabalhada em todas as idades. Se quisermos uma sociedade mais saudável, com menos sobrepeso, obesidade e deficiências nutricionais, teremos de entender que não somos o que escolhemos, individualmente, comer numa determinada refeição, mas parte de uma complexa rede de escolhas que envolvem políticas diversas e relações de consumo menos determinada pelos interesses capitalistas do que pelas reais necessidades das pessoas. 

Eis um trecho do que conclui o estudo:

"Preventing the development of youth as food citizens was the lingering effect of individualism. Youth continually attributed personal eating habits and the food environment to issues of personal choice. They had difficulty seeing correlations between diet-related health disparities, differences in food cost and availability, and differences in the local environment that might shape life chances. Our experience with the lack of civic responsibility among youth aligns with other studies that demonstrate declining levels of civic participation (Galston, 2003). Such perceptions may be due to an over-emphasis in civic curricula on freedoms and rights to the exclusion of social obligations (Avery & Simmons, 2001)."

Nenhum comentário: