3 de jun de 2011

Entrevistas

Uma das coisas mais bacanas de ser jornalista é ter a oportunidade de conversar com pessoas muito interessantes. Abaixo, algumas das minhas melhores entrevistas em formado pingue-pongue:



Jonathan Safran Foer: "A carne das fazendas americanas é imoral"
Época, novembro 2009
O escritor, que vive em Nova York, é judeu e está vegetariano, inspira-se no jornalismo investigativo de Michael Pollan e Eric Schlosser e vai conhecer alguns dos tenebrosos frigoríficos de seu país. Enojado com o que viu, defende uma alimentação mais natural e humanística.










Dean Karnases: Ele não consegue parar de correr
Época, agosto 2009
O ultramaratonista de origem grega critica o que a ciência do esporte chama de limites do corpo e entrega, com uma pitada de sarcasmo, seus motivos para passar tanto tempo treinando. Acompanha um perfil dele.









Tristram Stuart: Este sujeito come lixo
Época, outubro 2006
O escritor e ativista britânico fala de seu livro sobre o vegetarianismo e explica por que acha justo coletar comida (ainda boa para o consumo) nos fundões dos supermercados.










Rory Freedman e Kim Barnouin: A revolta das vadias magérrimas
Época, agosto 2007
Divertindo-se sem pudores com a raiva que a magreza das modelos desperta em quem tenta emagrecer e não consegue, essas duas belas magricelas abusam do tom sarcástico para ensinar sobre reeducação alimentar. Eu me identifiquei na hora!










Ann Cooper: Bota a meninada pra plantar
Época, dezembro 2006
A cozinheira americana largou o status de chef de restaurante bacana para assumir uma revolução na merenda de algumas escolas de seu país, começando por ensinar às crianças de onde vêm os alimentos que valem a pena: da terra.







Nenhum comentário: